quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Como saber usar cabeçotes de 20 ou 30g

 Como usar cabeçotes...

Boas amigos ;)

 Houve algum pessoal que me perguntou no FB o "Porquê" de ser diferente usar um cabeçote de 20g e usar outro de 30g nas mesmas circunstancias e no mesmo Spot?

 10g de diferença entre cabeçotes é muito no que diz respeito essencialmente em duas coisas, a primeira é no lançamento, ou seja, o de 30g lança mais longe, assim como lança mais longe também vai ao fundo mais rápido, ao ir ao fundo mais rápido, com mais dificuldade o puxamos para cima logo, servirá para pescar mais fundo que o de 20g.

Lambão !!!

 Recapitulando, cabeçote mais pesado=trabalho mais fundo, com o cabeçote de 20g tambem se pode trabalhar á mesma profundidade qduando se pesca da costa no entanto se tiver corrente lateral ou vento tambem lateral com alguma intensidade, dificultará com certeza o uso de cabeçotes de 20g.

A grande diferença do uso de cabeçotes de 20g para cabeçotes de 30g é que por serem mais leves conseguimos trabalha-los, em circunstancias "ideais", ligeiramente mais acima, cerca de metro metro e meio, se tivermos um chicote de 0.50 ou 0.60mm ainda o conseguimos puxar um pouco mais para cima pois este chicote oferece mais resist^rncia na agua ;)












Portanto:

Os cabeçotes são armas poderosas na pesca do nosso amigo Robalossauro, são mais versáteis que os Jerks pois dão para cortar (Softbaits), metr mais pequeno ou maior, conforme a necessidade, escolhendo um cabeçote mais leve ou pesado pode-se trabalhar diferentes camadas de agua e acreditem que: trabalhar1m mais abaixo ou mais acima PODE FAZER A DIFERENÇA !

Claro que os Jerks tambem são essências no Spinning, algumas vezes o Robalo quer iscos moles outras quer iscos rigidos (Jerks), só saberemos se usarmos estes dois tipos de iscos !

Grd abr, Matos ;)

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Aumentar percentagem de sucesso na pesca do Robalo !!!


Boas amigos !!!

No post anterior falámos na quantidade, spot e condições, agora famos falar nos iscos.

Na minha maneira de pensar (Matos) devemos andar sempre com 3 tipos de iscos na "mochila", ou seja, Amostras flotuantes (jerks), Cabeçotes de chumbo e Zagaias. Este 3 tipos de iscos vão-nos desenrascar na maior parte das situações, quase maior parte excluindo casos em que sejam precisos iscos do genero Top Water.

Vamos começar pelos Jerks que, quanto mais longe lançarem, melhor! Mais distancia dentro de agua precorrem logo mais probabilidade de passar por alguma "tocar" mais distante e, não necessáriamente mais caros....

Ora bem, quantos ao cabeçotes, vou dizer um dos aspectos mais importantes que nos aparece de vez em quando que é, a diferença entre pescar com um cabeçote de 18g, 20g ou de oescar com um de 30g ou 35g. Só vos posso dizer que em certas situações pode fazer muiiiiitas diferença, uma diferenla abistal este pequeno GRANDE factor......


Quanto ás amigas Zagaias, eu uso de 30g a 60g de peso, as de 60g são excepcionais lançadoras de tivermos material para o efeito, chegam a lançar 115m medidos na mareia.
Com as Zagaias pelos um alcance bestial quando o Robalo se encontra longe, fora do alcance de cabeçotes e Jerks.

Resumindo, estes 3 tipos de iscos convem ter sempre por perto, se alguem estiver a spinar ao vosso lado e estiver a encher o saco e voces não, convem averiguar o que se passa, será a cor do vinil ou do Jerk ou será a diferença de peso em relacção a vocês ???

Por isso convem sempre perguntar ao vizinho com que "arma" está a pescar, todas as caracteristicas ajudam, vão ver ;)












Cabeçotes caseiros


Alguma dúvida ou curiosidade perguntem ;)

Grd abr, Matos.

domingo, 17 de janeiro de 2016

Como pescar mais robalos !!!


 Como ter mais "sorte" !
Spinning Nocturno...

Olá Viciados

Este ano vamos começar com umas dicas para os mais dedicádos, para aqueles que vergam a mola noite após noite á procura do filão de Prata... Do Ouro branco da nossa costa ;)

Vamos lá, ouve-se falar muitas vezes em sorte.... O que é sorte ??? Sorte é apanhar um peixe numa noite no meio de 30 Spiners, 30 iscos e ele lá se atirou a um, isto é sorte !

Vamos lá ver se simplifico a "coisa". o segredo é dar com a hora do peixe (robalo), a "Hora do Robalo" é aquela hora em que ele se chega á costa ou já se encontra lá mas inactivo e se alimenta.
Há sempre uma hora, um momento de frenesin, isto se as condições do mar e comedia se conjugarem. Portanto, se no final do dia se vir movimentações de comedia e Robalos num determinado Spot, podem crer que de noite eles voltam lá.... ou.... em chegam a sair, fazem apenas uma pausa.

Como dar com a "Hora do Robalo" ???


Aqui já é mais dificil, é aqui que a "qualidade" dos iscos, a distancia de lançamento das canas e a sabedoria de cada um ditam o resultado do nosso sucesso. Há várias maneiras de dar com a hora, esta é uma delas:

Já num spot escolhido o Spiner tem que bater o spot sempre de um lado para o outro, esta é a parte mais dificil pois ele tem que bater o spot durante 6, 9 horas ou mais, porquê ???

Porque o peixe não passa todos os dias á mesma hora, pode passar na maré vazia ou na 2ª da enchente, 3ª, 4ª, 5ª ou na viragem para a maré vazia, ou vice versa.

Uma vez encontrada a hora "certa" aí sim o pescador fica a saber da "Hora do Robalo" e a partir desse dia pode ir já á hora certa aproveitar aqueles 20", 30" ou mais de ataques Robaleiros e que sabe saiam uns Robalossaurus....

Espero ter sido explicito ;)

É por estas e por outras que por vezes se torna dificil pescar uns Robalossauros e especialmente pelo facto de não nos podermos esticar pela simples razão de termos de ir trabalhar no dia seguinte.



Grd abr Matos




quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Esperança.... A ultima a morrer...


Boas amigos,

O ano de 2015, no que diz respeito a Spinning e para quem se decidiu a iniciar nesta modalidade...... pode dizer-se que foi mesmo um mau ano para começar a varejar, aliás, péssimo.

Portanto, ainda há esperança !

Durante este 2 ultimos meses, questionei 153 Spiners desde o País Basco passando pela costa da morte, galiza, Vigo, Porto, Aveiro, Santa Cruz, e por aí abaixo até chegar a Vila Real de Santo António.
A resposta foi quase sempre a mesma "Foi um péssimo ano de Spinning", no norte de Espanha então o pessoal anda desanimado, força amigos a "força" está connosco :)

Para nós (SpinnMaster Team) também foi muito mau mas, como se costuma dizer "NÃO HÁ UM ANO IGUAL" e com esta frase em emnte estamos agora a iniciar o novo ano de 2016 com as baterias em alta.

Portanto pessoal, animem-se que já os antigos diziam: "Nos anos Bissextos é que é !!!"

E com esta frase de esperança nos despedimos ;)





sábado, 9 de janeiro de 2016

Melhores momentos 2015...

Maior exemplar e novo recorde
Encontro 2015
SpinnMaster Team



































Boas viciadoos ;)

Ficam aqui alguns dos melhores momentos do "nosso" encontro de SPINNING de costa de 2015.

Para quem ainda não sabe, os nossos encontros são sempre "ALL NIGHT LONG", ou seja, pela noite dentro até ao pequeno almoço (incluido). Começam com um jantar, depois segue-se para o SPINNING até ao dia seguinte.... não é para "meninas" ;)

Este encontro revelou-se por ser uma das melhores noites de SPINNING do ano de 2015 saindo um total de cinquenta e tal capturas (Robalões, robalos e Robalinhos)

Houve Porco no espeto.... Ui... Cerveja, sumarada e diversão à grande e à Portuguesa ;)