domingo, 17 de janeiro de 2016

Como pescar mais robalos !!!


 Como ter mais "sorte" !
Spinning Nocturno...

Olá Viciados

Este ano vamos começar com umas dicas para os mais dedicádos, para aqueles que vergam a mola noite após noite á procura do filão de Prata... Do Ouro branco da nossa costa ;)

Vamos lá, ouve-se falar muitas vezes em sorte.... O que é sorte ??? Sorte é apanhar um peixe numa noite no meio de 30 Spiners, 30 iscos e ele lá se atirou a um, isto é sorte !

Vamos lá ver se simplifico a "coisa". o segredo é dar com a hora do peixe (robalo), a "Hora do Robalo" é aquela hora em que ele se chega á costa ou já se encontra lá mas inactivo e se alimenta.
Há sempre uma hora, um momento de frenesin, isto se as condições do mar e comedia se conjugarem. Portanto, se no final do dia se vir movimentações de comedia e Robalos num determinado Spot, podem crer que de noite eles voltam lá.... ou.... em chegam a sair, fazem apenas uma pausa.

Como dar com a "Hora do Robalo" ???


Aqui já é mais dificil, é aqui que a "qualidade" dos iscos, a distancia de lançamento das canas e a sabedoria de cada um ditam o resultado do nosso sucesso. Há várias maneiras de dar com a hora, esta é uma delas:

Já num spot escolhido o Spiner tem que bater o spot sempre de um lado para o outro, esta é a parte mais dificil pois ele tem que bater o spot durante 6, 9 horas ou mais, porquê ???

Porque o peixe não passa todos os dias á mesma hora, pode passar na maré vazia ou na 2ª da enchente, 3ª, 4ª, 5ª ou na viragem para a maré vazia, ou vice versa.

Uma vez encontrada a hora "certa" aí sim o pescador fica a saber da "Hora do Robalo" e a partir desse dia pode ir já á hora certa aproveitar aqueles 20", 30" ou mais de ataques Robaleiros e que sabe saiam uns Robalossaurus....

Espero ter sido explicito ;)

É por estas e por outras que por vezes se torna dificil pescar uns Robalossauros e especialmente pelo facto de não nos podermos esticar pela simples razão de termos de ir trabalhar no dia seguinte.



Grd abr Matos




2 comentários:

  1. Boas Master,

    Todos os locais têm a sua "manha", o peixe tem os seus dias. Claro está que conhecer a morfologia do local, as alterações em curso e as presas existentes serão factores a ter em conta. Quando pescas de noite, conhecer eximiamente todos os factores terá a sua influência no resultado final. Quando pescas sobretudo de dia (ao nascer e fim do dia) e em zonas maioritariamente de fundo rochoso já poderão haver outros factores a ter em conta (penso eu).
    Mas a troca de ideias é sempre fundamental :)

    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Luis,

      conhecer os spots é a parte mais importante pois a morfologia é muito importante ;)

      Abr e obrigado pelo coment

      Eliminar